A vizinha suíça

O silêncio na Suíça é sagrado. Um silêncio surdo, tão profundo como um zunido a penetrar os tímpanos. As árvores farfalham baixinho, os passarinhos gorjeiam de mansinho, as crianças são comedidas, os jovens são tímidos e raramente vejo um cão latindo. No outono se escuta as folhas tocando o chão. O burburinho do riacho e as flores que pululam na primavera fazem música com o zum-zum-zum de abelhas brejeiras. É tudo tão tranqüilo e maravilhoso que aqui seria um paraíso taciturno. Sim, seria… Porque eu tenho uma vizinha suíça, uma vizinha que é a guardiã do silêncio. E, quem tem sabe, uma vizinha assim pode fazer muito barulho.

Quando convido alguém para um jantar na minha casa e por ventura estendemos a conversa sentado na varanda, pode ter certeza que dentro de alguns dias virá uma carta da administração do prédio dizendo que nós nos excedemos no tom da voz. Caminhar depois das dez no corredor só se for nas pontas dos pés, conversas na porta do elevador nem pensar. Eu evito martelar pregos na minha casa, quando posso colo com fita adesiva. Tomar banho durante a noite é proibido, mas quando preciso, já encontrei um meio de só lavar as partes íntimas.  Com a televisão por incrível que pareça nunca tivemos problemas, mesmo porque se escuta a televisão da nossa vizinha sempre nas alturas.

Ela já teve a coragem de bater aqui em casa dizendo que não agüentava ouvir meu metrônomo que uso pra ensaiar violão. Disse que aquele tic-tac a incomodava a ponto de estourar de dor de cabeça. Eu fiquei perplexo de boca aberta e perdi a oportunidade de lhe dizer: Se a senhora escuta o tic-tac do meu metrônomo a senhora tem um ouvido absoluto. Nunca pensou em tocar um instrumento?

Semana passada minha vizinha, a guardiã do silêncio e da tranqüilidade extrapolou. Afixou na porta de entrada do nosso corredor os seguintes dizeres:

Quando se faz xixi em pé

Além de sujar o banheiro

Acorda o prédio inteiro

Sendo homem ou mulher

Ao fazer xixi, faça-o sentado

E nosso silêncio será respeitado

Alguém se habilita?


Marcelo Madeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s