Sintonização Reiki à distância e o Efeito Não-Local.

Muito se tem dito sobre a eficácia da Sintonização Reiki a Distância.

Funciona ou não funciona? E o Reiki Online? Funciona?

É de se compreender que no tempo de Mikao Usui, cerca de 100 anos atrás, não havia o entendimento que se tem hoje em relação aos fenômenos físicos que nos rodeiam.

Mas hoje a própria ciência já sabe que energia carrega informação e informação carrega energia. E elas trafegam sim, pelos confins do universo.

Quem afirma o contrário não conhece o Efeito da Não Localidade.

Um conceito que por si só rompe com o Princípio da Causalidade, onde causa e efeito devem ser observados no mesmo local.

Com o advento da Física Quântica, os cientistas descobriram que fenômenos correlacionados podem sim ocorrer em locais diferentes.

Segundo a física moderna, um fenômeno ocorrido aqui pode influenciar outro fenômeno a milhares de quilômetros de distância. É o que os cientistas chamam de Entrelaçamento Quântico.

Você mexe numa partícula aqui e a outra partícula é influenciada, instantaneamente, simultaneamente.

Esse fato, já comprovado tem despertado muito o interesse dos cientistas dispostos a desenvolverem a computação quântica e processadores de informação cada vez mais velozes.

Portanto, o Efeito da Não Localidade não só explica, como comprova o fenômeno da Sintonização Reiki.

Inúmeros experimentos já foram realizados em diversas partes do mundo e sempre com o mesmo resultado, por mais bizarro que isso possa parecer.

O próprio Einstein ironicamente chamou o fenômeno de ação fantasmagórica à distância.

O Efeito da Não Localidade é conhecido através de teorias matemáticas desde 1935, mas só foi comprovado no final do século 20.

Talvez o experimento mais significativo tenha sido aquele realizado pelo neurofisiologista mexicano Jacobo Grinberg-Zylberbaum em 1994.

Em seu laboratório, Grinberg demostrou que é possível a transferência de um fenômeno cerebral de um cérebro para outro.

Duas pessoas foram colocadas para meditar ao mesmo tempo com a intenção de se comunicarem diretamente, sem troca de sinais.

E, realmente, após um breve tempo de meditação, separados em ambientes eletromagneticamente impermeáveis – e com os cérebros conectados a uma máquina de eletroencefalograma, foram mostrados e medidos flashes de luz para apenas um dos sujeitos.  

Então o cérebro desse sujeito gerou uma série de formas de atividade elétrica em respostas aos flashes.

O resultado do experimento foi publicado em 1994 por Grimberg na Revista Physical Essays demostrando a realidade da comunicação à distância, não-local, entre cérebros humanos. 

Depois disso, os experimentos foram realizados por uma série de cientistas com os mesmos resultados em Londres na Inglaterra (Peter Fenwick) e Seattle nos Estados Unidos (Leanna Standish). 

O físico indiano Dr. Amit Goswami afirma que experimentos como esse evidenciam que a consciência é não-Local e existe uma espécie de Interconectividade além do espaço e do tempo.

Mas a ciência, vai mais além. Esse conceito de interconectividade citado por Amit Goswami é muito bem protocolado no experimento do Entrelaçamento Quântico:

Duas partículas de fótons foram colocadas em dois locais diferentes, uma partícula aqui na Terra e outra no espaço sideral, a milhares de quilômetros de distância. Ao mexerem na partícula de fóton aqui na Terra, a outra lá no espaço sideral se mexe também, ou seja, se uma for para baixo a outra, simultaneamente,  se move na na direção oposta. 

Ou seja, o experimento do entrelaçamento quântico nos mostra que, independente da distância, não só as partículas retiradas de um mesmo átomo estão conectadas, ou se preferir o termo científico; entrelaçadas ou emaranhadas, como também a informação destas partículas é trocada numa velocidade superior a velocidade da luz.  

É por essas e por outras que alguns físicos chegam a afirmar que as repercussões filosóficas propostas pela Física Quântica a respeito de nós mesmos, são tão intensas e constrangedoras , que muito de nós não teríamos estrutura psicológica suficiente para lidar com o mundo novo que essas descobertas nos apresentam.

Portanto, não há razão alguma em crer que a Sintonização Reiki a distância não funciona. Um pensamento dessa natureza é um pensamento dogmático. E Reiki não é dogma!

Hoje, o entendimento sobre como se operam as energias é muito maior à luz da Física Quântica, graças a Física Quântica.

Eu me chamo Marcelo Madeira e tenho me dedicado muito a escrever e falar sobre Reiki & Física Quântica lá no Blog Quanto Mais Reiki Melhor.

Você encontra nossos vídeos no Youtube e nosso podcast no Spotify.

Um abraço energético e nos vemos em breve!


Esse artigo virou um episódio do Podcast Filosofia Quântica.

Confira aqui:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s