Um conto de Natal

É Natal, e como não poderia deixar de ser, o Teatro de Holograma dedicou um episódio no melhor estilo Radio Novela sobre como estaria Papai Noel nos dias de hoje? … Será que ele já teria pedido a aposentadoria? Como será concorrer com as multinacionais de brinquedo? … É… não tá fácil pro bom velhinho…

Curta mais um episódio especial do Podcast Teatro de Holograma e compartilhe esse espírito natalino com seus amigos nas redes sociais.

Abaixo desse post, você encontra botões de compartilhamentos em diversas plataformas…

Escolha uma de sua preferência e apoie esse projeto de reviver os tempos áureos da Rádio Novela! Mais humor pra 2021!

Ah, lembrando… Assine nosso podcast no wordpress e receba gratuitamente Audio Books e tenha acesso gratuito aos Webinários sobre temas relacionados ao nosso podcast!

É isso aí, pessoal! Feliz Natal! E saudações holográficas!

Escute o áudio na íntegra no Spotify.

Todo ano é a mesma coisa, chega a essa altura do ano e não há quem dê conta. O trabalho se multiplica, são tantas crianças e tantas casas para visitar, e fora os marmanjos que ainda insistem em serem presenteados! Tenha dó! Eu já sou um velhinho e depois de tantos anos de serviço não tenho direito a aposentadoria, sempre que vou reclamar meus direitos à Previdência Social eles me dizem a mesma coisa: 

– O meu senhor que estória é essa? O senhor só pode estar brincando! Volta pra casa, senão eu lhe mando pra um asilo de loucos! E libere a fila, por favor! Próximo!!! 

Cada ano que passa fica mais difícil, chaminé já não existe mais e quando tem são estreitas para meu físico avantajado. E já foi o tempo em que eu ficava pulando de telhado em telhado, haja preparo físico! Até meus ajudantes já não são mais os mesmos, perdi um bocado deles com a globalização, muitos me trocaram por ofertas gratificantes de multinacionais de brinquedos e aqueles que ficaram comigo vivem fazendo greves e se queixando aos sindicatos. Haja saúde, aliás saúde é o que não me falta, pois para percorrer tantos quilômetros em trenó, enfiado numa roupa quente sob o calorão de dezembro… Tenha santa paciência.  E no final das contas, não sou reconhecido. 

Esta noite não será diferente, já visitei algumas casas, já deixei presentes ao pé das árvores natalinas e doces dentro das meias penduradas na lareira. Quem não tem lareira sempre prega a meia, às vezes bordada à mão, na parede ou perto das janelas. Às vezes é complicado de encontrá-las. É difícil também quando a casa tem cachorro, mas para isso meus ajudantes sempre providenciam um bom pedaço de carne para ele não fazer alarme. E essa onda de assalto está um horror e nem poupam o pobre velhinho. Já tive problemas uma vez, mas por sorte fui reconhecido e ele acabou me entregando uma cartinha de seu filho. No fundo ele era um bom homem, coitado. 

Agora vou me preparar para visitar mais uma casa, primeiro fazemos um check-up, sem chaminé, sem cachorro, tudo ok? Onde é a janela? Alarme contra assalto? Tudo ok. Entrei sem ruídos, sou mestre nisso, porém, de repente, acende-se a luz da sala. 

– Quem é você? Identifique-se! Pai! Pega ladrão!!! 

– Psiu, quieto rapaz, sou eu, não me reconhece? 

– Não. 

– Como não? Trouxe um presente pra você. Olha só.  

E lhe entreguei com maior carinho um caminhãozinho de madeira colorida. E ele rudemente o pôs no chão e depois de um tempo observando o brinquedo me perguntou: 

– Não se mexe, não tem pilha? 

– Não gostou? 

– Pai! Pega ladrão!!! Tum, tum, tum! – E me dava umas almofadadas o moleque. 

– Se você não gostou, não tem importância. Eis aqui o meu cartão, você me escreve e eu lhe mando o que você pedir, tá bom? 

– Pai! Pega ladrão!!! Tum, tum, tum! 

E com tanta barulheira a mãe do menino entra na sala, eu sem hesitar pulei a janela e desapareci. A mãe lhe dizia docemente: 

– Meu filho, vamos dormir que amanhã abriremos os presentes. 

O menino vendo pela janela meu trenó alcançando as estrelas pensou: 

– Mas, ele é mágico? Ele voa? Ah! Como não pensei nisto antes? Ele é o velho Dumbledore da Escola de Magos do Harry Potter!  

Marcelo Candido Madeira 


Faça uma assinatura gratuita da nossa Newsletter

As vantagens de ser assinante!

Receba os novos episódios na sua caixa de entrada.

Participe gratuitamente dos nossos Webinários relacionados aos temas abordados nos episódios!

Tenha acesso a Audio Books gratuitos e exclusivos sobre temas diversos!

E mais: Como assinante você pode sugerir temas para o Teatro de Holograma!

Participe! É Gratuito!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s